domingo, 17 de março de 2013

O poder de Deus se aperfeiçoa na minha fraqueza.Quando estou fraco ,sei que forte sou.


Não viva de aparências,elas mudam.Não viva de mentiras elas são descobertas.Não viva pelos outros,viva por você.


Se você quer saber o que vai colher amanha,basta observar o que está sameando hoje!


Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios (Salmos 103:2)


O Senhor nos ensina a ser grato pela vida, saúde, por tudo... Deus é o nosso pai que planeja a vida para ser feita de muitas fases, e todas essas fases tem uma finalidade, assim o nosso Deus nos ajuda dosar o amargo com doce, ele transforma o nosso sofrimento em alegria e nos dá vitória. Ele nos ensina a não só falar de amor, mas nos faz compreender o seu real significado, nos ensina de fato a viver o amor... Devemos perdoar quando alguém nos despreza ou quando somos ofendidos. Ele disse: “Amai os vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei o bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem”. Talvez você possa me perguntar: “Mas para que tudo isso?” Para que sejais filhos do vosso pai que estás no céu, porque o seu sol se levanta sobre maus e bons, e a chuva desce sobre o justo e injusto (Mateus 5: 44-45). O Espírito de Deus habita em nós, e o brilho de Cristo reflete em nossa vida. O Deus de amor nos mantem sempre ciente do seu conforto, e todos os dias devemos agradecer a Deus pelo seu amor que vem de encontro as nossas necessidades. Todos os dias pedimos ao nosso Deus que esse amor permaneça em nossa vida e que nós possamos fazer a vontade dele na vida do nosso próximo. Que o Senhor Deus nos perdoe se ás vezes as preocupações deste mundo tenebroso nos distancia de sua presença... que nós possamos ter uma vida consagrada ao Senhor. Deus é a fonte de toda a felicidade, e o prazer de servir a Ele nos enche de profunda dedicação a sua obra, Ele nos enche do seu espirito para que a nossa paz interior possa transparecer, de modo que o mundo veja a presença de Cristo em nós.

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus” (Filipenses 4:7).


quinta-feira, 7 de março de 2013

Dia da mulher

Uma mulher de coragem!

Temos receio de tudo o que é novo em nossas vidas: seja um corte novo de cabelo, um novo emprego, etc. Somos ameaçadas por aquilo que nos impede de avançar: o medo. A Palavra do Senhor em Lucas 7:36-50 retrata a história de mulher de coragem. O que levaria uma mulher, na condição de pecadora, a estar em um jantar? Ela não fora convidada. O que as pessoas pensariam? Aquela mulher pecadora, porém, não se preocupou com o pensamento dos outros, nem com a situação em que ela se encontrava, antes teve coragem em prosseguir.

Precisamos de coragem para realizar aquilo que o Senhor tem preparado para as nossas vidas. O Senhor nos ensina a
enfrentarmos o medo, vencermos as barreiras existentes em nós. Quantas oportunidades em sua vida foram perdidas por causa do medo? Aquela mulher pecadora sabia o porquê de estar ali, sabia que seria alvo de comentários, exposição; mas ela venceu a barreira do medo.

Deus deseja que sejamos mulheres de coragem, com espírito de ousadia e intrepidez. Receba este poder: "Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação." (2 Timóteo 1:7). O medo que muitas vezes tem te tirado a paz, não vai mais tomar conta de sua vida. Lance-o fora: " No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo." (1 João 4:18). Lembre-se de tudo que o Senhor já fez em sua vida: "Mas, agora, assim diz o Senhor, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és minha." (Isaías 43:1).

Assim como aquela mulher, Jesus deseja que tenhamos foco, objetivo. Ela sabia de suas fraquezas e limitações, mas a vergonha não a paralisou. Quantas vezes esperamos que alguém faça por nós, aquilo que nós devemos fazer? Prossiga, olhe para o alvo que é JESUS. Promova uma mudança, o Senhor espera isso de você. A mulher levou ao Senhor um vaso de alabastro com ungüento. Esse vaso levava o que era mais precioso; ela ofereceu o seu melhor. E você, tem oferecido o seu melhor? As primícias, ou o as sobras de sua vida? Seja em dízimos, ofertas, tempo, oração, busca...

Lembre-se que a dor da mudança é melhor do que a dor do pecado. Aquela mulher se prostrou aos pés de Jesus, rasgou o seu coração, pois se importava apenas com a presença do Pai.

O que tem sido prioridade em sua vida? Estamos muitas vezes tão preocupadas com nossa beleza exterior que nos esquecemos do principal, o que nos mantém de pé: a PRESENÇA de Jesus. Tudo quanto você fizer, faça ao Senhor, não se preocupe com homens, não espere recompensa e reconhecimento humano, antes busque as repostas no seu Pai de Amor. Qual é a sua realidade: Crítica como os fariseus ou arrependida como a pecadora? Lembre-se que o tamanho do seu amor a Deus, é o tamanho do seu perdão. O Senhor é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda a injustiça. (1 João 1:9).

Seja como aquela mulher que não se envergonhou, antes
humilhada e ferida, prostrou-se diante do Senhor, entregou a sua vida sem medo e sem reservas. Declare hoje seu amor por Jesus!


"PARABÉNS PELO DIA INTERNACIONAL DA MULHER"

domingo, 3 de março de 2013

Como recuperar a felicidade no casamento



O que está faltando em seu casamento? – como recuperar aquilo que pode trazer alegria novamente em sua casa

Texto – Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar?

E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida.
Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende. (Lucas 15:8-10)

Introdução: Seu casamento pode não ter algo de incorreto, mas pode haver algo de incompleto. Nem sempre são as falhas que levam a uma crise cinjugal, as faltas também podem produzir o mesmo efeito. Pense no que o tempo ou as circunstâncias levaram da sua relação.

Talvez em seu relacionamento não seja necessário adicionar nada de novo, apenas que se resgate o velho e dê a ele um novo valor e sentido.
O texto acima servirá de plataforma para as reflexões a seguir. Então, vamos para a seção de achados e perdidos de Lucas e descobrir o que podemos aprender com as perdas, bem como reencontrar aquilo que por uma razão ou outra se perdeu.

1. Jamais perca a capacidade de perceber as perdas – mantenha um coração sensível aquilo que está se perdendo na relação. cuidado com a indiferença e a insensibilidade as perdas. A mulher no texto, ao perceber a perda se colocou de pronto a procurar.

2. Não tente encontrar fora de casa o que você perdeu dentro dela – não tente procurar fora, não porque você não vá encontrar, mas porque você com certeza vai encontrar! Se perdeu o diálogo, o carinho, o sexo etc. Tudo isso pode ser encontrado do lado de fora, porém ao encontrar o que se perdeu do lado de fora, você acabará perdendo tudo o que sobrou dentro de casa, além da própria casa!

3. Não deixe que o que você tem o distraia daquilo que lhe falta e nem que aquilo que lhe falta o cegue para aquilo que ainda você tem – perder pouco não é razão para a acomodação e perder muito não é motivo para desespero! Cuidado que pequenas perdas podem ser um prefácio para perdas maiores.

4. Encontrar o que se perdeu não depende somente de um grande esforço, mas dos meios adequados – não basta levantar poeira, porque isso pode causar uma confusão maior ainda! A mulher usou a vassoura e a lâmpada e você pode usar o apoio dos irmãos, a oração, o perdão e a Palavra!

5.Cuidado para que na tentativa de recuperar o que se perdeu você não acabe perdendo o que ainda sobrou – limpesa sem iluminação gera cansaço e confusão!

6. Pequenas perdas não devem ser confundidas com perdas menores – o pequeno nem sempre é insignificante!

7. Deus pode permitir pequenas perdas para que maiores não ocorram e também para que alcancemos ganhos maiores – uma perda temporária pode nos assegurar uma posse definitiva. Na recuperação do que se perdeu você alcançar ganhos que nunca imaginou.

8. Faça dos pequenos achados um motivo para uma grande festa – celebre a recuperação das pequenas coisas com grande entusiasmo!

Para pensar – “A alegria do reencontro superará a dor da perda e o esforço da busca!”



fonte: gospel+