domingo, 22 de abril de 2012

Um encontro real com Deus...

Todos nós cristãos conhecemos o nosso herói na fé que foi Abraão, que saiu da sua terra entre a sua parentela, para um lugar onde ele não imaginava ir. Obedecendo a voz do Senhor ele vai. É uma maravilhosa historia a qual não canso de ler e ouvir, e sempre aprendo quando leio sobre Abraão.

Era Abrão da idade de noventa e nove anos quando ele teve o seu nome mudado para Abraão. Você já observou que todos aqueles que tiveram um encontro real com Deus obedecendo a sua palavra, todos Deus mudava o nome como também a sua vida e sua história?.

Não foi diferente com o Isaque não era bastante ser filho de Abraão para obter benção embora Deus tenha sido fiel por amor a Abraão, mas Deus também lhe diz:Eu sou o Deus de Abraão, teu pai. Não temas , porque eu sou contigo..Gênesis 26:24..

E Isaque foi fiel como o seu pai Abraão tendo também o seu encontro pessoal com Deus.

E Jacó? O que aconteceu? Embora fosse neto de Abraão também com benção garantida por Deus a seu avô,e ao seu pai não foi o suficiente.Teve Jacó um encontro pessoal que mudou sua história e também o seu nome.

Então, disse: Não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel, pois como príncipe, lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste. Gênesis 32:28.

O que dizer de Saulo, o perseguidor, enquanto caminhava para atacar os crentes em seu belo cavalo? Que também teve o seu nome mudado para Paulo após um encontro pessoal com o Senhor?. Atos 9:4.

Não é bastante ser filho de crente, neto de crente, amigo pessoal de crente, falar o que Deus fez pelos seus pais, seus avôs ou seus conhecidos. Observe que cada um destes heróis da bíblia tiveram uma historia pessoal com Deus, não bastavam só pertencer a família carnal mais todos demonstravam uma comunhão real com Deus.

Por muito tempo fui filho de crente, não cansava de contar o que Deus fizera pelos meus pais. Freqüentava, sempre, regulamente a escola dominical e não perdia um só culto.

Mas foi preciso bem mais do que isto em minha vida, eu tive um encontro pessoal com Deus a ponto de ter a minha historia mudada, os meus atos, pensamentos, atitudes. Agora não só falo o que Deus fez aos meus pais, mas o que ele fez por mim. Eu louvo a Deus por esse encontro.

Assim como ouvi da minha mãe falar que Deus não tem neto e sim filho, hoje não canso de falar aos meus filhos que tenha este encontro, pois Deus não tem netos e sim filhos.

Não basta freqüentar uma denominação, ter o nome entre o rol de membros, é preciso bem mais do que isto, é preciso ter um encontro pessoal com Deus e ter a historia mudada. Não basta falar o que Deus fez pelo outros e sim o que ele fez por você ou fará. É algo pessoal como falei.

O que Deus tem feito na sua vida?
Que possamos falar em nossas orações.
Deus de Abraão, de Isaque, de Jacó, Deus de Antonio, Maria, José, Josiel...
Tenha hoje você um encontro real com o seu Deus, e entre para a historia.


quinta-feira, 19 de abril de 2012

O que Deus espera dos jovens

“E disse a Jéter, seu primogênito: dispõe-te e mata-os. Porem o moço não arrancou da sua espada, porque temia, por quanto ainda eram jovem.”
(Juízes 8: 20,21)
Jéter era um jovem filho de Gideão, um grande herói guerreiro, porém teve uma atitude medrosa e covarde. Seus inimigos haviam matado seus irmãos e amigos, portanto, não podia ter recuado e os deixados viverem, a missão dado a ele era exterminá-los completamente.
Um jovem que conhece bem o potencial que possui, será uma grande base de sustentação e desenvolvimento na obra de Deus, um verdadeiro pilar.
Vejamos na Bíblia o que Deus espera dos jovens:
“Apresentar-se-á voluntariamente o teu povo no dia do teu poder; com santos ornamentos, como orvalho emergindo da aurora, serão os jovens”. (Salmos, 110:3)
As características que se espera são: força, energia, vigor, trabalho, são cheios de vida, são rápidos, inquietos, inteligentes, descontraídos, alegres, corajosos.
Até para conseguir um trabalho, o RH tem um perfil traçado dos jovens e para só admitem aqueles que sejam valorosos e inteligentes para executarem bem seus serviços.
“ Disse o rei a Aspenaz, chefe dos eunucos, que trouxessem alguns dos filhos de Israel, assim da linhagem real como dos nobres. Jovens, sem nenhum defeito, de boa aparência, instruídos em toda a sabedoria, doutos em ciência, e versados no conhecimento, e que fossem competentes para assistirem no palácio do rei; e lhes ensinassem a cultura e a língua dos caldeus.” (Daniel 1:3,4)
Agora pense comigo: se o rei exigiu qualidades em seus jovens, que sejam sem defeito físico,belos fisicamente, inteligência (sábio), competente, determinados, força, trabalho, disposição, estejam dispostos a aprender. Deus também procura jovens que sejam talhados para trabalhar em sua casa, Deus espera que sejamos exemplos em tudo.
“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza.”( I Timóteo 4:12)
Sem defeito (pecado), beleza espiritual, inteligência (sábio). Pv 1: 7 (Temor do Senhor), competente, determinação, força, trabalho, disposição. Esteja disposto a aprender.
Coragem: Davi era moço quando venceu o gigante Golias e suas afrontas (I Samuel 17: 33). Deus requer de seus jovens coragem para vencer os gigantes desse mundo que são muitos.
Fortes contra seus três inimigos principais: o mundo, o pecado e o diabo. (A concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida)
Jovem, você tem uma missão a de eliminar teus inimigos, Jesus já te ordenou a derrotar teus adversários, você tem a força e a ordem Dele. Ele está ao teu lado, você é vencedor, não deixa que teus inimigos zombem de ti, cumpre a ordem do teu Salvador.


domingo, 1 de abril de 2012

Encontro com Deus


Encontro com Deus

Moisés teve um encontro com Deus e isso de fato mudou toda sua história. Ele experimentou do poder de Deus e sua vida foi completamente transformada. Talvez hoje não vejamos sarças ardendo, mas vemos e tocamos a Cruz. Foi assim que nosso Deus tornou possível aos homens tocá-lo e experimentá-lo, através de seu filho Jesus. Hoje todos nós somos convidados a um encontro com o Deus Vivo, mesmo que estejamos em nossos desertos. Somos convidados a um encontro com o Deus Altíssimo!
De fato, sem um encontro com Deus, todas as dificuldades da vida são motivos de desespero. Tudo na vida fica mais difícil. Os problemas tomam dimensões quase que intransponíveis. Nós, seres humanos, temos a tendência de nos moldarmos facilmente à situação que vivemos. Tornamo-nos exatamente do "mesmo tamanho" das nossas idéias e pensamentos: O que eu penso sobre mim, isto mesmo eu me torno.
Com Deus é diferente! Quando temos um encontro com Deus vemos as coisas sob outra perspectiva. Quando temos um encontro com Deus nossa visão da vida é alargada. Conseguimos ver as circunstâncias como elas são. Começamos a encarar os problemas, as dificuldades, as lutas como oportunidades de crescimento. Deus nos molda conforme ele mesmo. Que coisa linda!
Com um encontro com Deus adquirimos ousadia para vencer os obstáculos da vida. Moisés, depois de seu encontro com Deus, experimentou esta ousadia (Êxodo 14). Diante do Mar vermelho, com os egípcios atrás de si, e o deserto ao seu redor, seguiu em frente confiando em Deus.
Um encontro com Deus também atenua o medo da derrota. Com Deus temos a coragem de prosseguir, mesmo quando tropeçamos. Com Deus temos a força para levantar; com Deus insistimos em viver, e viver vida abundante. Teimosamente continuamos, a despeito de qualquer resistência. Somos convocados a marchar e ver as maravilhas de Deus.
Somente um encontro com Deus faz-nos ver a vida além das circunstâncias, dá-nos ousadia para vencer as dificuldades, e alivia-nos o medo do fracasso. Um encontro com Deus faz toda a diferença em nossa vida. Moisés antes de conhecer pessoalmente o Deus de toda a criação sentia-se fraco, derrotado, desolado, um "peregrino em terra estranha." O diabo estava satisfeito e sentia-se vencedor, mas foi derrotado quando Moisés teve um encontro com Deus. Após conhecer o Deus Vivo sua vida mudou. Tornou-se o grande libertador do povo de Israel, apesar de toda a sua limitação pessoal, sua humanidade e fragilidade, suas lutas e dificuldades.
O Deus que encontrou Moisés naquele deserto é o mesmo que te encontra hoje no seu deserto, no meio de suas lutas e desilusões. Portanto, deixe a Luz do Céu entrar em seu coração, o fogo do Senhor incendiar sua vida, a água viva inundar seu ser, e você será completamente transformado.